FISL 9.0 – 3º dia

O meu dia começou com a palestra do Bram Moolenaar “Vim Script: the road from :set to :for”. Alto nível, mais uma palestra lotada para ver o criador do editor de textos mais utilizando na comunidade de Software Livre. O que achei da palestra? Como tinha dito foi de alto nível pra mim, mas espero, o mais rápido possível, entender mais sobre funções no VIM. O Bram trabalha no Google (alguém conhece essa empresa?)

palestra do bram

Saí nas carreiras para coordenar a mesa do pessoal do Python (APyB): Palestras Relâmpago. De um jeito totalmente diferente e dinâmico de palestrar, a galera que manja de python fazia fila com os deus notebook’s para em cerca de 5 ou 10 minutos cronometrados falarem sobre assuntos diversos da linuguagem mais badalada do momento. Égua da experiência boa que tive, por mais que não entendo muito de Python, curti bastante a forma descontraída que ele tem de mostrar suas soluções. Um grupo fez um joguinho de erros e acertos durante o FISL e apresentou lá, maior comédia o rapaz falando da experiência deles de desenvolver o programa no chão e levando de vez em quando algumas pisadas de leve. Só estando lá ou vendo o vídeo da palestra pra vocês se divertirem também. Um coadjuvante que estava sempre presente nas apresentações era o editor de textos VIM ajudando a galera no desenvolvimento de seus códigos. Outra satisfação que tive foi ficar ao lado de Luciano Ramalho na mesa, já havia assistido outra palestra dele no FISL 6.0 e coordenou com tanta tranquilidade as apresentações, dando notícias durante os intervalos de uma para a outra. O negócio é tão dinâmico que quem queria falar de outro assunto poderia se inscrever durante as apresentações. Pena que o tempo ficou tão curto pra tanta gente que queria falar um pouquinho de Python. Tudo que é bom tem que ser copiado, essa é uma idéia que deve ser dado Ctrl+C e Ctrl+V.🙂

Depois fui assistir a palestra do Guilherme Chapiewski da globo.com que falou sobre “Desenvolvimento ágil com XP e Scrum”. Uma frase que ele falou e que todo desenvolvedor de software já sabe é “Pra quê perder um tempão criando uma documentação enorme se o software nem funciona direito”. Assistam o vídeo, vale a pena.

scrum e xp

Passei no stand do GUS-BR para conversar um pouco mais com os manos, conheci o Wladimir de Macaé – Rio de Janeiro, que gravou um dvd pra mim do Slackware current do dia anterior para atualizar meu pc em casa. Mostrei para ele o .virmc que criei e iria falar sobre ele na palestra. Ele e mais pessoas do grupo me ensinaram a configurar o compiz no Slack, pena que o tempo estava curto e não deu tempo de atualizar o Slack do note para ficar brincando com o Desktop 3D.

stand do slack

Fui conhecer a sala VIP dos palestrantes, a maioria lá era gringo, mas todos sempre de bom humor, tinha um que me chamou a atenção, o Bram Moolenaar, fiquei na minha e comecei a revisar os slides e realizar alguns testes, quando ele se levantou pra ir embora pedi para a moça que ficava recepcionando os palestrantes pedir para tirar uma foto com ele para atualizar meu slide, a foto que eu tinha dele parecia com o Cebolinha da turma da Mõnica, kkkk. Ele estava com um pouco de pressa, mas tirou a foto comigo e através da Estela disse para ele que iria palestrar sobre VIM, pena que só sei falar “hot-dog” e ele perguntou se seria traduzida a apresentação, putz, respondi que ainda não.

braam

Estava conversando com a Estela sobre eventos de Software Livre e pra minha surpresa, depois de alguns minutos ele voltou, e pediu para eu mostrar a foto pra ele. A Estela serviu novamente de modem entre e linha telefônica (Eu) e o PC (Bram). Mostrei os slides com as fotos e histórico do VIM, o arquivo .vimrc que criei, nessa hora estávamos falando a mesma língua (vimês)😛, acho que ele gostou, pediu para traduzir e enviar para ele, caracas não dava pra acreditar! Pedi para a Estela fazer isso pra mim, ela aceitou na hora. Tô ancioso para ver a apresentação em “ingrês sô”. Estela, you are my angel!🙂

estela

Conheci também a Meire da escola Marista, além de linda é fera em Hardware, estava na equipe que criou os robôs com sucata digital expostos no stand dos Maristas.

meiry

Acabei perdendo a palestra do Pablo “Implementando Enterprise Patterns em PHP”, a sala estava lotada e não deixaram mais ninguém entrar. Mais um vídeo para baixar.🙂

Encontrei com o Bené e ficamos um tempão na escada conversando. Estava chegando a hora da minha palestra e não dava para esconder o nervosismo. Passou um flash back na minha cabeça de quando comecei nessa área maluca até aquele momento. Um dos caras que começou junto comigo, quando eu nem sabia o que era Windows, estava lá para me ajudar.

Perdi a palestra do Christiano Anderson da APyB sobre “Django para desenvolvimento web”, fora que tinha perdido outro mini-curso de Django no mesmo dia, não dá pra ganhar todas. Assisti a palestra que estava acontecendo na mesma sala que seria a minha, estava com receio de chegar atrasado.

Sabe aquela teoria do caos: “se algo tem que dar errado, vai dar errado”. Pois é, na empolgação e nervosismo o “cabeção empacou” e não consegui configurar a resolução do vídeo para 640×480. Tentei várias vezes pelo KDE, editei o xorg.conf e passei batido na maldita linha que corrigiria o problema. O ambiente e o console ficavam legal no projetor, mas quando mandava apresentar, ficava na resolução máxima do note. Putz!

palestra vim

O rapaz da técnica me ajudou bastante, tanto que ele deu a brilhante idéia de “capar” o br-office com as barras de ferramentas desnecessárias, quem não tem cão caça com gato. Nesse meio tempo o coordenador de sessão na compareceu e o Bené se candidatou para subir ao palco. Não sabia quem estava mais nervoso, feito isso, com um pouco de atraso, “baixou” um locutor no Bené e ele me anunciou. Era a hora de eu me virar nos 50 (minutos).

Pensei que só iria o Calex, o Bené e o Flávio. Quando vi o Romero e o Xavier do SERPRO na platéia e mais outras pessoas que tinha visto pelo Fórum fiquei feliz para caramba. Fiquei mais feliz quando vi mais gente entrando do que saindo da sala🙂 . Não é fácil competir com uma palestra de peso do John “maddog” Hall e mais outras seis que estavam acontecendo no momento.

publico palestra

A palestra foi fluindo bem, acelerei um pouco para dar tempo de mostrar de maneira rápida o que o VIM configurado fazia e como ele fazia. Deu uma boa folga de tempo, quando abri o tempo para perguntas a platéia interagiu muito bem, muitas sugestões e perguntas, algumas não pude responder na hora e outras sim. Égua da coisa boa! Estou recebendo e-mail’s das pessoas para envio da palestra e do arquivo .vimrc. Isso que é o bacana em contribuir para comunidade de Sofware Livre.

Agradeci ao público, quando o Bené me lembrou do sorteio da ultimas camisas do Tá Safo. Ele fez um anúncio: “Ei pessoal! peraí que vai ter sorteio de pirarucú com açaí” e a galera caiu na gargalhada. Falei um pouco do Tá Safo e joguei no “pisão” as camisas, agora sim estava completo. Outra coisa legal de palestrar são as pessoas que vem falar contigo no final da apresentação, já fiz tanto isso, é bacana também ver o outro lado. OBRIGADO À TODOS!

camisas no pisão

fim da palestra

Fomos correndo para o teatro para ver o encerramento, mais já estava lotado. Então demos uma ultima volta pela galpão. Fomos nos despedir dos manos do GUS-BR. O Aurélio ainda estava por lá, o Calex raspou o ultimo livro dele.

manos do slack

aurelio e a mog

Vagando por lá, desapropriamos um stand improdutivo e tiramos umas fotos.

stand invadido

Nos despedimos também do pessoal do PSL-PR. Do Victor da revista Visão Ágil.

psl-pr

victor

Finalmente conseguimos entrar no teatro onde estava sendo realizado o encerramento, pois ver pelas telas não tinha graça. Nos levaram para a parte de cima e pediram para ficarmos sentados, mas sabe como é né. Os caras colocaram uma música firme que não dava para ficar parado. Gravei até um filminho.

Já de saída paramos para tirar mais umas fotos e quem apareceu foi o Marlon Dutra, um dos idealizadores do FISL.

marlon dutra

Chegamos em casa, forramos o bucho e caímos na noite Porto Alegrense. É bar pra chuchu moçada.

uhu

9º Fórum Internacional de Software Livre

2 comentários sobre “FISL 9.0 – 3º dia

  1. Caio "Rufflez"

    Fala Luis!

    Tua palestra do Vim tava realmente muito boa! Congrats. Alias, valeu pelo .vimrc, entendi aonde eu tava comendo bola (ou comando) e tá tudo funcionando filmeza agora🙂

    Então, você tem ou sabe onde tem o vídeo das Palestras Relâmpago de Python? Perdi essa (vi a do T’so, entendi pouca coisa, muito high level…) e alguns amigos participaram, queria poder ver.

    Abraços!

  2. danielle

    égua Gui, tu falastes uma farmácia e eu não entendi 1 comprimido!!!!!!!!!!!! Fala sério….. essa ligua é afrohindrubritânicoarabesco??????? Mas gostei mto pq vc ta ganhando o mundo…. só lamento pela farinha ter ficado….
    bjssssssssss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s